Sessões e Actos Públicos

MPPM participou no «Festival dos Cravos de Abril» organizado pela Associação Abril
A Associação Abril, com a colaboração do MPPM e de várias outras organizações, promoveu a realização do "Festival dos Cravos de Abril", entre 25 e 30 de Abril.
O Festival, que foi apresentado no dia 25 de Abril, às 12 horas, no Auditório do Quartel do Carmo, incluiu conferências, cinema documental, actividades infantis e culminou com o tradicional Arraial que, este ano, se realizou nos Jardins de São Pedro de Alcântara.
Com início às sete e meia da tarde de 29 de Abril, o Arraial prolongou-se até à uma da manhã, prosseguindo no dia 30 de Abril, entre as sete da tarde e a uma da manhã.
O MPPM teve uma banca no local e patrocinou a exibição de um grupo de poesia e dança árabes no sábado, 30, a partir das 22.10h.
A Associação de Estudantes da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa e o MPPM - Movimento pelos Direitos do Povo Palestino e pela Paz no Médio Oriente - promoveram uma sessão de solidariedade com o Povo da Palestina, evocativa do Dia da Terra, no dia 4 de Abril, pelas 15.30 horas, na sala 5.2 da Faculdade de Letras.
Intervieram Carlos Almeida, da Direcção Nacional do MPPM, e Nuno Coelho, designer e co-autor do livro "Uma Terra sem Gente para Gente sem Terra", que orientará uma workshop baseada no seu livro.
O MPPM e o Grupo Dramático e Recreativo Corações de Vale de Figueira promoveram um debate sobre a situação na Palestina orientado por Carlos Almeida, de Direcção Nacional do MPPM.
Foi exibido o filme "Muro de Ferro", do realizador palestino Mohammed Alatar, que foca o processo de construção dos colonatos judaicos em território palestino e a sua consolidção através da construção do Muro da Separação que afecta, de forma definitiva, a contiguidade do território palestino e a proximidade das populações. 
A sessão teve lugar no dia 26 de Fevereiro, na sede do GDRCVF, em Vale de Figueira, S. João da Talha.
O Magrebe e o Médio Oriente vivem tempos de grande convulsão social e política. Sopram ventos de mudança no mundo árabe.
Para analisar os impactes desta onda de luta e de esperança que percorre o Mundo Árabe, a CGTP, o CPPC e o MPPM juntaram-se na organização de um debate público de solidariedade com os povos em luta no Mundo Árabe e de análise dos acontecimentos em curso.
O debate, subordinado ao tema «Em Luta pela Mudança – As Revoltas Populares no Magrebe e no Médio Oriente», realizou-se no dia 18 de Fevereiro de 2011, na Casa do Alentejo, em Lisboa. Numa sessão moderada por Vítor Silva (CPPC), foram oradores Rui Namorado Rosa, Presidente do CPPC; Carlos Carvalho, dirigente da CGTP-IN; Frei Bento Domingues, Vice-Presidente do MPPM; José Manuel Rosendo, jornalista; e Adel Sidarus, da Direcção Nacional do MPPM.
MPPM na ES Passos Manuel
Dando continuidade a uma relação iniciada em Março de 2010, com a realização de uma workshop dinamizada por Nuno Coelho, co-autor do livro Uma Terra sem Gente para Gente sem Terra, o MPPM voltou à Escola Secundária Passos Manuel.
No passado dia 28 de Janeiro, Carlos Almeida e Teresa Palma Fernandes, da Direcção Nacional do MPPM, dinamizaram um encontro com alunos daquela escola com uma exposição sobre os fundamentos e o desenvolvimento histórico da causa nacional do povo palestino.
Respondendo ao apelo de diversas organizações, entre as quais o MPPM, muita centenas de pessoas concentraram-se frente à Embaixada de Israel, em Lisboa, no dia 2 de Junho, para manifestar a sua indignação perante o vergonhoso ataque de Israel contra barcos que transportavam ajuda humanitária para Gaza. Entoando palavras de ordem como "Basta de Crimes!", "Fim ao Bloqueio a Gaza!", "Fim à Ocupação Israelita!" ou "Palestina Independente!", os manifestantes ouviram, ainda, intervenções dos representantes de algumas das organizações promotoras da concentração - Conselho Português para a Paz e Cooperação, Comité de Solidariedade com a Palestina, Colectivo Mumia Abu-Jamal, Movimento pelos Direitos do Povo Palestino e pela Paz no Médio Oriente e Confederação Geral dos Trabalhadores Portugueses - Intersindical Nacional.
"Cultura Palestina" foi o tema escolhido pelo Cineclube de Torres Novas para preencher, em colaboração com o MPPM, uma das suas "Noites de Leitura, Poesia e Música".
No dia 28 de Maio, a partir das 21.30 horas, na Biblioteca Municipal Gustavo de Bivar Pinto Lopes, em Torres Novas, houve "vídeos, conversas e poesia", tendo a Palestina como tema central.
Abriu a sessão Nuno Guedelha, do Cine-Clube de Torres Novas, seguindo-se uma leitura de poemas pelos professores Eduardo Bento e Amélia Maia.
Carlos Silva, da Direcção Nacional do MPPM, fez a apresentação do Movimento e Júlio de Magalhães, também da Direcção Nacional do MPPM, dissertou sobre cultura árabe e cultura palestina, com ênfase nas figuras maiores da cultura palestina: Mahmud Darwich, Ismaïl Shamut e Edward Saïd. A intervenção foi ilustrada com a projecção de um filme sobre a obra de Ismaïl Shamut e outro com danças e cantares da Palestina.
Premiados do Concurso Escolar «Paz para a Palestina»
O Concurso Escolar foi sendo desenvolvido, ao longo de seis meses, em várias escolas do país que aderiram à proposta do Concurso, de âmbito nacional, "Paz para a Palestina", promovido pelo MPPM. Este Concurso tinha como objectivo a realização de trabalhos de natureza diversa que desenvolvessem o interesse pela história e pela cultura do Povo Palestino e que contribuíssem para o conhecimento da situação na Palestina. Assim, os alunos do 2º e 3º ciclo do Ensino Básico sob a orientação dos respectivos professores foram concebendo e executando sob a forma de Produção Escrita, Artes Plásticas, Artes Performativas, Vídeo e Multimédia, onde incluíram a sua marca no seu produto final.
 Nuno Coelho na ES Passos Manuel
Nuno Coelho, licenciado em Design de Comunicação e Arte Gráfica e co-autor, com Adam Kershaw, do livro Uma Terra Sem Gente Para Gente Sem Terra, esteve três semanas na Cisjordânia onde se apercebeu de como o conflito israelo-árabe influenciava a vida quotidiana dos palestinos. Desenvolveu trabalho com crianças palestinas, no domínio das artes, e observou e viveu na realidade do dia-a-dia que considerou, por vezes, muito chocante.
Maria Eugénia Vaz é professora da disciplina de História da turma C do 12.º ano do Curso Científico-Humanístico: Línguas e Humanidades, da Escola Secundária Passos Manuel, sede do Agrupamento Baixa Chiado, em Lisboa, em cujo currículo são tratadas as "Alterações geoestratégicas, tensões políticas e transformações sócio-culturais no mundo actual: permanência de focos de tensão em regiões periféricas - O Médio Oriente e a questão israelo-palestina".
Lembrar Gaza - Vigília Embaixada Israel - 27 Dez 2009
A iniciativa "Lembrar Gaza", que congregou um número muito significativo de organizações, entre as quais o MPPM, e de subscrições de personalidades, teve como objectivo indeclinável relembrar a brutal intervenção militar de Israel à Faixa de Gaza, sugestiva e mordazmente denominada por operação "Chumbo Fundido", ocorrida de 27 de Dezembro de 2008 a 18 de Janeiro de 2009 e que provocou mais de 1.400 mortes entre a população indefesa (crianças, mulheres e idosos), bem como efeitos devastadores na Faixa de Gaza.
O programa delineado pela organização da iniciativa "Lembrar Gaza" contemplava quatro momentos significativos, dos quais o inicial e o final ocorreram no exterior, em espaços com sentido político e histórico, respectivamente, junto à embaixada de Israel e no Largo de S. Domingos. Os dois outros momentos do programa, ocorreram, respectivamente, em espaços da Livraria Ler Devagar, no dia 13 de Janeiro e da Voz do Operário, no dia 17 de Janeiro.

Páginas

Subscreva Sessões e Actos Públicos